Renovação

Renovação
Psic. Odegine Graça

“Hoje joguei tanta coisa fora.

Vi o meu passado a passar por mim.

Cartas e fotografias, gente que foi embora.

Sem saber a vida fica bem melhor assim.”

Paralamas do Sucesso

 

A música acima nos lembra em sua melodia da importância da renovação.

Tantas pessoas são apegadas ao máximo a todos as coisas que um dia conseguiram que guardam tudo, sejam coisas materiais e/ou sentimentos. Quando falamos em jogar, doar ou qualquer coisa parecida essas pessoas se negam terminantemente. E não estou falando de pessoas velhas que só tem recordações, estou falando de jovens e até de algumas crianças e adolescentes que se apegam as coisas com a determinação de se apegar no tempo e não largar, não crescer, nunca mudar.

O processo de mudança, de transição, é o que mais incomoda o ser humano. Por trás dessa resistência encontra-se o medo da morte. Morrer para depois viver é do que se esquecem essas pessoas. A vida é renovação constante, não conseguimos permanecer, por mais que sejamos apegados, por mais que resistamos com toda a força de nossas vidas, ainda assim mudamos, continuamos passando, continuamos morrendo, continuamos…

Essa é a beleza da vida, a constante renovação, a evolução constante. Podemos pensar que por mais frio e rigoroso que seja o inverno, a primavera certamente vira. A vida é sabia, é precisa, vivemos em ciclos e cada um tem seu começo, seu fim, sua beleza. A dor, o prazer, cada momento, cada instante dessas vivencias, tem um preço incontável: o valor da vida.

Ainda somos muito pobres em sentido e compreensão. Entender o equilíbrio da transição e da transformação é ainda um mistério para o coração do homem que teima em amar a permanência, em encontrar segurança no mesmo, em pensar-se eterno em forma e não em evolução. Somos passageiros, somos eternos, eis o paradoxo da vida.

Enquanto estiver aqui na forma que se encontra hoje, faça sua vida valer e pena e transforme-se a cada instante em uma linda borboleta e voe encontrando com suas cores os ares do mundo, nem que esse mundo sejam somente as flores do seu quintal. Faça-se presente e seja um presente de vida para todos aqueles que te rodeiam. Ame muito, mude muito, respire muito, pois a vida é breve, mesmo em sua eternidade.

 

Artigos Relacionados