Psicologia Analítica Junguiana

Psicologia Analítica Junguiana

Psic. Odegine Graça

A Psicologia Analítica Junguiana é uma corrente da psicologia criada por Carl Gustav Jung. Psiquiatra suíço, que estudou povos antigos e cultura de vários continentes e mitologia. A Psicologia Analítica Junguiana  enxerga o individuo como um ser inteiro, uno e inserido em seu contexto social, cultural e universal. Segundo Jung, o inconsciente individual é influenciado pelo inconsciente coletivo o qual possui material dos nossos ancestrais, e cada indivíduo acaba se tornando a resposta dos anseios de seus antepassados.

O inconsciente nessa abordagem é dinâmico e produz, redimensiona, agrupa, escolhe, compensando e complementando o nível consciente. O inconsciente pessoal, ou individual, se encontra abaixo do nível consciente, e abriga conteúdos que não tem energia suficiente para tornar-se consciente. Esses conteúdos tornaram-se inconscientes por não serem compatíveis com a situação do momento em que foram vividos. Nesse campo do inconsciente também se encontram as percepções subliminares, que em nenhum momento passaram pela consciência. Todo esse conjunto de informações pode aparecer na consciência a qualquer momento, em qualquer idade do ser humano. E isto pode causar desordens na saúde da pessoa como um todo. Portanto, manter uma boa relação com o inconsciente é estar aberto ao fato de que somos muito mais do que pensamos e sabemos bem mais do que podemos lembrar. É ser humilde o suficiente para aceitar que hora somos sujeitos hora somos objetos de nós mesmos, e que nem tudo podemos entender e explicar. Por vezes, só podemos vivenciar e sentir no momento, naquele momento.

Artigos Relacionados