Psicologia e Acupuntura

Psicologia e Acupuntura
Colaboradores
Colaboradores

Rita Machuca Brassac

Psicóloga CRP08/12128

 

             A Acupuntura percorreu um longo caminho como medicina alternativa no ocidente, até que a Organização Mundial da Saúde, OMS, declarou-a como medicina complementar pela sua comprovação científica. 

            Esta técnica milenar, a acupuntura, faz parte do conjunto de práticas de tratamento da Medicina Tradicional Chinesa (MTC), medicina esta de natureza filosófica que tem como características o conceito do organismo como um todo, da unidade entre o corpo e a natureza, o diagnóstico e tratamento baseados em uma análise global. Entre as práticas da MTC podemos relatar a Fitoterapia, Auriculoterapia, Moxabustão, Ventosaterapia, etc. A MTC inclui entre seus princípios o estudo da relação de Yin e Yang, a teoria dos cinco elementos e do sistema de circulação da energia pelos  meridianos do corpo humano.

            A teoria do Yin e Yang considera a dualidade, a complementaridade de tudo que existe. O Yang é positivo, e está relacionado ao homem, as vísceras, a superfície externa, ao dia, ao sol etc. Já o Yin é negativo, relacionado ao interno, a mulher, aos órgãos, a lua e a noite, etc. Quando o Yang está em excesso as manifestações físicas, segundo a MTC, ocorrem como ansiedade, insônia, euforia, face avermelhada, pulso rápido e outros sintomas. Se o Yang estiver em deficiência o organismo apresentará cansaço, edema, lombalgia, anorexia, diminuição de apetite, etc. O excesso de Yin trará como conseqüência uma pessoa deprimida, com extremidades frias, face pálida, pulso lento, e sintomas associados.  Ao contrário a deficiência de Yin terá como resposta física, sudorese noturna, pico de ansiedade à noite, hiper-hidrose, fogachos na menopausa, etc.

              Todas as teorias da MTC estão relacionadas com as emoções como podemos perceber na teoria do Yin e Yang e também na teoria dos cinco elementos ou dos movimentos da natureza. Está teoria relaciona os órgãos e as vísceras com os cinco elementos da natureza e, por conseguinte, as emoções, como a relação a seguir:

ELEMENTO ÓRGÃO VÍSCERA EMOÇÃO
Fogo Coração Intestino Delgado Euforia
Terra Baço – Pancreas Estomago Melancolia
Metal Pulmão Intestino grosso Tristeza
Água Rim Bexiga Medo
Madeira Figado Vesícula Biliar Raiva

              Psicologia e acupuntura trabalham com as emoções, cada uma dentro de sua visão, portanto aliando-as, pode-se oferecer mais uma ferramenta em busca do equilíbrio emocional do indivíduo.  Nesse sentido, “a Resolução CFP 005/2002 que dispõe sobre a prática da Acupuntura pelo psicólogo como recurso auxiliar de trabalho do psicólogo”, vem colaborar para que tal procedimento seja possível ao psicólogo em benefício de seu paciente.

 

Contato:

Rita Machuca Brassac

Psicoterapeuta Cognitivo-Comportamental.

Hipnoterapeuta Ericksoniana e Terapeuta em EMDR e TLT

Atualmente cursa pós-graduação em Acupuntura na Universidade Positivo

 Tel/Fax (41) 3345-0724.

E-mail: ritabrassac@cesttres.com

Artigos Relacionados