Posturas Que Nos Afastam do Amor

Posturas Que Nos Afastam do Amor
Psic. Odegine Graça

“Amo como Ama o amor. Não conheço nenhuma outra razão para amar senão Amar.

Que queres que te diga , Alem de que te amo, Se o que quero dizer-te é que te amo.“

Fernando Pessoa

Existem algumas posturas que nos afastam do amor. Essas posturas são geradas por vezes por ansiedade destrutiva que nos levam a um padrão de repetição típico de uma linearidade imposta pelos nossos medos. Vejamos alguns:

  1. Fuga da realidade: com este padrão de comportamento a pessoa busca refúgio para as suas indecisões em estruturas fantasiosas, mágicas, ou qualquer outra coisa que as faça ficar bem longe de um relacionamento real. O medo do contato amoroso é tanto que elas não podem viver isso de forma humana, com outro ser humano. É ameaçador por demais, assim, cria-se uma maneira que o deixe definitivamente de fora do jogo do amor.
  2. O Escondido: Estar em uma relação é conhecer-se e se ver. Uma postura muito comum para quem não quer se comprometer, mesmo estando em uma relação, é manter-se escondido. Persiste a regra de nunca falar aquilo que sente e também não perguntar o que o outro está sentindo. Mostra somente uma parte de si, e a outra mantém escondida, para proteger-se em caso de ataque surpresa. A defesa consiste na premissa de que se o outro não sabe quem sou realmente, não pode dizer qualquer coisa a meu respeito. Esconder-se assim é uma ótima defesa. O resultado é um enorme muro de solidão.
  3. Paralisado: com esta postura de comportamento, a pessoa usa qualquer artifício para fazer-se permanecer no mesmo lugar. Quando pensa em envolver-se com alguém, bem no dia do encontro marcado, ao se dirigir para o local, bate o carro, ou ganha uma dor de barriga, ou acontece outra coisa qualquer. A gravidade do acontecimento está diretamente ligada ao interesse despertado pelo candidato ao amor. Esta postura se baseia na premissa “o que os olhos não veem, o coração não sente”.

Amar significa abandonar posturas que nos fazem mal e caminhar corajosamente em direção ao outro que oferece amor, agarre-se ao amor.

 

Tenha coragem, lembre-se que você é a única pessoa  que pode conseguir amor.

Entregue-se.

Ame.

Grupo de Discussão Sobre Relacionamento Amoroso Cá Entre Nós

 

Artigos Relacionados