Planejamento Familiar: Você Sabe Decidir?

Planejamento Familiar: Você Sabe Decidir?

Marcia Vasconcelos Silva

Psicóloga e Instrutora de MOB

Colaboradores
Colaboradores

 

            Planejar a família diz respeito a uma tomada de decisão de um casal que se ama e deseja formar uma família. Sempre que se planeja se tem maior probabilidade de acerto, pois nos preparamos para aquilo que desejamos que ocorra.

            O Planejamento familiar é daquelas decisões cruciais na vida do casal, todo o futuro da relação terá de passar necessariamente pela questão do número de filhos que o casal deseja ter, a melhor época para tê-los e como a vida do casal vai se organizar a partir daí.

            A decisão sobre o número de filhos pode ser feita de duas maneiras: a primeira usando a anticoncepção – o avanço da ciência proporcionou algumas  alternativas hormonais e dispositivos para evitar uma gravidez.  Nestas opções quase sempre recai sobre a mulher o ônus do uso destes instrumentos para evitar a concepção.  Em oposição a esta proposta existe a alternativa do Planejamento Familiar Natural que utiliza os conhecimentos sobre a fertilidade feminina e masculina no intuito de dar conhecimento aos casais sobre a época em que a concepção seja possível. Trata-se de uma proposta diferente em que o casal partilhará a responsabilidade pela geração dos filhos em igualdade de condições desde o início.

              Através da utilização dos métodos naturais de planejamento familiar o casal reúne a preservação do dom da fertilidade, para ser utilizado quando e como o casal desejar chamar uma vida a existir a qualidade no relacionamento conjugal uma vez que a utilização dos Métodos Naturais abre novas perspectivas de diálogo no relacionamento conjugal.  

              Hoje vivemos uma época de maior conscientização da importância da preservação do ambiente para a continuidade da vida no planeta; as pessoas  estão cada vez mais atentas a alimentação, prática de exercícios físicos e todos os itens que podem trazer mais saúde e qualidade de vida. Mas percebe-se que em relação ao uso de medicamentos que interferem no dom da fertilidade não há esta preocupação.  A gravidez, por outro lado, tem sido deixada cada vez para mais tarde, fazendo com que aumente o tempo de uso de contraceptivos.  Por volta dos 35-40 anos as mulheres, com uma vida organizada, iniciam o projeto “filhos” e aí a natureza nem sempre colabora.  Porque não acordar para esta questão desde agora fazendo uma opção por uma alternativa que preserve o dom da fertilidade ou que pelo menos não interfira em seu curso?

               Toda mulher pode aprender com facilidade a reconhecer os sinais de fertilidade que sua natureza reprodutiva lhe mostra em todo ciclo menstrual.  Cientistas renomados internacionalmente descobriram há anos que a mulher pode reconhecer no seu muco cervical – uma secreção semelhante à clara de ovo cru – um indicador seguro de sua fertilidade e programar suas relações sexuais em função deste sinal.  Em Curitiba as mulheres podem aprender este método gratuitamente no CENPLAFAM-Centro de Planejamento Natural da Família, que é um centro vinculado a WOOMB – World Organization of the Ovulation Method Billings, com sede na Austrália, que conta com instrutores devidamente habilitados a ensinar as mulheres/casais que desejam conhecer sua fertilidade para obter ou evitar uma gravidez e ainda agregar valor de saúde e qualidade ao seu  relacionamento conjugal.

 

Contato:

CENPLAFAM – Centro de Planejamento Natural da Família de Curitiba

Tel: 41  3233- 8203

E-mail: cenplafamcuritiba@gmail.com

Artigos Relacionados