O que torna um casamento feliz?

O que torna um casamento feliz?
Psicologa Odegine Graça

A pergunta resiste ecoando há séculos : O que torna alguns casamentos felizes e bem sucedidos e outros um fracasso sem igual?
Quais as qualidades necessárias para que homens e mulheres comuniquem o seu amor através de sua fala, de seus corpos e de sua expressão facial de maneira a tocar o seu parceiro? Essa pergunta hoje saiu do campo da poesia e foi parar nos laboratórios científicos. Estudos feitos por neuroimagem de casais apaixonados e de casais que já vivem juntos a muito tempo revelam as bases fisiológicas do amor.

A autora de Felizes Para Sempre, Tara Parker-Pope diz:  “Gestos aparentemente pequenos,  como revirar os olhos, ou a forma como um homem narra a história de como conheceu sua esposa podem ser indícios de uma vida conjugal feliz ou de um divórcio iminente. “ Indo além, ela fala dos modelos matemáticos aplicados pelos cientistas nos casais estudados e os conselhos simples e práticos resultantes de tais observações,  como por exemplo : “não é suficiente apenas pedir desculpas pelos maus tratos para com o cônjuge. Para cada erro cometido, você precisa oferecer mais cinco bons momentos, palavras gentis e gestos de amor para manter o equilíbrio do casamento. “

A autora afirma ainda que hoje os casamentos têm muito mais sucesso do que antigamente, indo contra o  senso comum. Diz também como é possível avaliar de maneira pratica a saúde de uma relação. “O truque é aprender a distinguir os conflitos e frustrações diárias normais das relações humanas e focar nos problemas reais que podem ser a barreira que impede um melhor relacionamento.“ Sair das alucinações mentais,  do procurar problemas imaginários na relação , ajuda e muito na saúde da mesma. Centrar-se na busca de solução para os desafios reais vividos pelo casal é a dica de sucesso. Como por exemplo : “Você sabia que a solução para os problemas de dinheiro podem ajudar a resolver problemas conjugais? Ou que, quando você briga com o seu parceiro, os três primeiros minutos de discussão são os que contam mais ? ou que a divisão de tarefas domesticas em casa pode ter um impacto direto na vida sexual do casal?” Esses e outros conselhos práticos da vida do casal podem levar uma relação a ter mais saúde e felicidade. E ainda mais: “A pesquisa mostra que os casais em união estável fazem mais sexo, tem mais dinheiro e vivem mais tempo e de forma mais saudável. “
Logo, a conclusão é rápida e óbvia. Vale a pena investir no casamento.

 

Artigos Relacionados