O Que é Constelação Familiar?

O Que é Constelação Familiar?

A Constelação Familiar é uma forma de terapia breve centrada na SOLUÇÃO.

Terapeuta e Consteladora Odegine Graça
Terapeuta e Consteladora Odegine Graça
As Constelações foram construídas sobre o conhecimento de precursores como Jacob Levy Moreno, Ivan Boszormenyi Nagy e Virginia Satir, entre outros.
Boszormenyi Nagy, nos anos 70, disse:
Relacionamentos são determinados por vínculos invisíveis. Eles resultam em lealdades invisíveis, que atuam mais fortemente do que ações que podem ser observadas ou padrões aprendidos.
Bert Hellinger, criador da técnica das Constelações Familiares, observou e estudou essas leis e criou as Ordens do Amor, as quais foram bastante exploradas em seu primeiro livro com o mesmo nome, publicado em 2003.

A Constelação Familiar e as Ordens do Amor

Hierarquia

Quem vem antes tem prioridade, é mais importante. O avô tem prioridade sobre o pai, e o pai tem prioridade sobre o filho. Se colocar como superior ao pai, superior ao antepassado, traz somente sofrimento e angústia.

Equilibrio Entre o Dar e Receber

Dar muito causa desordem, assim como tomar do outro sem oferecer algo em troca. Sempre que recebemos algo de bom, oferecemos algo um pouco melhor. Sempre que recebemos algo de ruim, damos algo um pouco melhor. Isso garante a continuidade do relacionamento

Direito ao Pertencimento

Todos em um Sistema Familiar tem igual direito de pertencimento, sendo a exclusão motivo de desequilíbrio sistêmico. O pertencimento é determinado pelo sangue e pelo elo emocional. Pertencem ao sistema familiar de uma pessoa todos os antepassados consanguíneos, todos os pais e filhos adotivos, todos os relacionamentos amorosos emocionalmente fortes seus ou dos seus antepassados, bem como todos aqueles que causaram grande dor.

Solução

Segundo Hellinger e a Constelação Familiar, desobedecer a essas ordens é adentrar a senda da infelicidade e do desequilíbrio.
A Constelação Familiar traz à luz de nossos olhos valores humanos perdidos durante o caminho do ser, em um apelo amoroso para voltarmos aos nossos corações, a fonte primeira de nossa alma e retornarmos ao simples, ao verdadeiro, ao que é essencial.
Como um lindo dia de sol a beira do mar, com a cabeça despreocupada e os pés na areia, de mãos dadas com a pessoa que amamos, vendo nossos filhos correndo e dando chutes nas ondas com pequenos gritinhos de satisfação, como se todo o mundo se resumisse nisso.
Nesse momento a eternidade existe.

 

Se você gostou, o que acha de fazer sua Constelação?

Gostaria de participar do Grupo de Constelação Transpessoal?

Ou então, o que acha de fazer uma Formação para Constelador?

Quem é Odegine Graça?

Artigos Relacionados