O Ar e a Espiritualidade

O Ar e a Espiritualidade
Terapeuta e Consteladora Odegine Graça

O vento aqui não para

Nem um segundo,

Nem um pouquinho.

Ah, se eu fosse moinho…

Mario Quintana

 

Na tipologia Jungiana, o ar está associado ao temperamento sanguíneo.

Elemento caracterizado como úmido e quente,  ativo e rápido, positivo, masculino, auto-expressivo, yang, leve, alternante.

A característica principal do elemento ar é a inteligência, imaginação, espiritualidade e reflexão.

Corresponde a função do pensamento.

Sem o ar o homem vive apenas poucos instantes, pois sua presença  é vital para a manutenção do planeta. O ar é o elemento do criativo rápido e inteligente. O ar consegue se relacionar com os preceitos básicos do ser, da vida. No homem trabalha o resgate do ser nos pontos emocionais e espirituais.

No meu livro “BioArte-Integração, O resgate da beleza da Vida” eu desenvolvi uma tipologia baseada nesta tipologia, na qual além de associar o comportamento individual a um dos quatro elementos como Jung, organizei estes em dez categorias distintas por uma cor cada.

Esse ar traz consigo uma cor: o violeta, que em sua vibração positiva está muito ligado ao espiritual. Pessoas nessa freqüência vivem ligadas a unidade divina, são hipersensíveis e vêem o mundo do espírito para a matéria.

Esse ar, esse violeta, essas pessoas com disposição a espiritualidade estão ligadas ao chacra da hipófise, que favorece o sono e purifica o corpo. Está ligado ao funcionamento normal do sistema nervoso e dos rins. Este chacra está ligado ao respeito e amor próprio. As pessoas com essa disposição normalmente expressam sensibilidade de clarividência e telepatia. Possuem uma capacidade especial de prender a atenção porém são consideradas fora do seu tempo. Com idéias muito avançadas estão muito a frente dos outros. Extremamente sensível, a pessoa com disposição emocional  violeta recebe inspiração dos planos energéticos mais elevados e é dona de um pensamento abstrato bastante elaborado. Suas idéias vêm em blocos, ou seja, pensam no todo, tendo que se esforçar para decodificar a informação dentro da linearidade.

Tem a capacidade de transmutar desejos e um grande pode de análise, tem capacidade de liberar energias reprimidas e usa a mente ricamente em todos os sentidos.

Como diz Ralph Waldo Emerson: “Há um poder acima e por trás de todos nós e somos os canais de sua comunicação.”

O que é esse poder?

Isso cabe a cada um julgar, apreciar e/ou acreditar.

 

Artigos Relacionados