Infância Feliz

Infância Feliz
Psic. Odegine Graça

“Nunca é tarde demais para ter uma infância feliz.”

Milton Erickson

Quando somos crianças não tem tempo ruim. Convivi em meu trabalho com crianças que mesmo faltando quase tudo ainda assim tinha aquele brilho no olhar, aquela esperança na alma, a certeza de que o mundo era um lugar bom para elas. Aos poucos vamos crescendo e aprendendo que o mundo é um lugar perigoso, que você deve desconfiar de todos e de todas as coisas e acima de tudo que você deve ser mais esperto que a maioria dos ursos, se quiser ter um lugar ao sol.

O problema desse mundo e dessas crenças é que somos nós que fazemos esse mundo. E quando crescemos, sentimos dor por tudo aquilo que passou e fazemos da nossa infância algo muito triste, culpamos nossos pais pela nossa infelicidade, e quase todos os dias nos vingamos de alguém por nossa vida não ser nada daquilo que desejávamos que fosse. Nos sentimos enganamos e deixamos de acreditar na magia da vida  e ficamos  amargos.

Vou te contar um segredo. Você é livre para vir a ser o que É e o que deseja Ser.  Isto esta inscrito na sua alma. Você é muito importante e tem uma missão linda nesse mundo. Toda a alma tem uma missão, e se você se conectar com a sua, descobrirá seu verdadeiro destino, seu caminho, e conseguira encontrar ajuda para trilhá-lo.

“A linguagem da alma é a intuição. A mente intuitiva é um dom sagrado, a mente racional, um servidor fiel. Criamos uma sociedade que honra o servidor e esquece o dom.”

Albert Einstein.

Recebi um e-mail de uma moça que havia recebido o convite para acessar o site e ela me respondia assim: Olha, eu tenho uma vida muito corrida, estou muito ocupada no momento. Quem sabe quando isso tudo terminar, eu possa discutir com você maneiras de viver bem. Eu respondi a ela Muito obrigada pela sua resposta querida, e espero que você  fique bem.  Tive muita pena dessa moça, pois a arrogância dela a faz colocar-se em um lugar de pleno saber, e de quem não precisa de nada e nem de ninguém. Bert Hellinger diz que os donos da verdade não procuram saber qual é a verdade. Essa pessoa, correndo tanto de tudo que possa lhe fazer bem, se coloca em uma posição de procura da morte e renuncia do amor. As pessoas só podem ser tocadas pelo amor, e muitas  vezes esse toque é bem doloroso.

Todos um dia somos cobrados por nossa alma, e não temos explicação racional que possamos dar a ela, pois a alma não comete enganos. Tudo já esta dentro de você, não falta nada. Estamos esquecidos de quem somos e procuramos fora aquilo que poderemos encontrar dentro. Nada externo mudará enquanto não fizermos uma mudança interna. A verdade de todas as coisas é que você só precisa SER, e quando conseguir isso, quando conseguir entregar-se, você conseguira conectar-se ao Self divino e então a raiva, o ódio, o medo, a tristeza, terão um novo significado para sua vida. E então, você entende com toda a sua vida a energia da ação, da criação, e entende que todas as energias, emoções e vivencias sempre o levarão a uma direção, a conexão com esse Self divino, essa força criativa do amor e da compaixão.

Artigos Relacionados