A Estrada do Amor

A Estrada do Amor

“Ainda que eu falasse a língua dos homens e a língua dos anjos
Se eu não tivesse amor
Eu nada seria. ”
Bíblia

Terapeuta e Consteladora Odegine Graça - Especialista em Autoestima, Relacionamentos e Relacionamentos Amorosos
Terapeuta e Consteladora Odegine Graça

Muitos pensam que o amor é uma estrada fácil, lindas rosas sem os espinhos.

Sim. Digo a vocês, o amor é SIMPLES. Mas não FÁCIL.

Como todas as coisas verdadeiras, exige dedicação, abnegação, e uma estrada com passos resolutos a ser trilhada.

Nesse caminho, existe sol , existe chuva, temperaturas amenas e agradáveis, e tempos escaldantes que por vezes pensamos que não vamos resistir. Porém, o segredo do amor verdadeiro é que a cada desafio desses tempos difíceis, saímos mais fortes, iluminados e conscientes do que realmente vale a pena na vida.

Sim, amar é um exercício e se aprende amando. É um processo de todos os dias.

Fernando Pessoa, o poeta de múltiplas faces, assim como o amor, diz no poema Presságio:

O AMOR, quando se revela,
Não se sabe revelar.
Sabe bem olhar p’ra ela,
Mas não lhe sabe falar.

Quem quer dizer o que sente
Não sabe o que há de dizer.
Fala: parece que mente…
Cala: parece esquecer…

Ah, mas se ela adivinhasse,
Se pudesse ouvir o olhar,
E se um olhar lhe bastasse
P’ra saber que a estão a amar!

Mas quem sente muito, cala;
Quem quer dizer quanto sente
Fica sem alma nem fala,
Fica só, inteiramente!

Mas se isto puder contar-lhe
O que não lhe ouso contar,
Já não terei que falar-lhe
Porque lhe estou a falar…

Aprendemos Com o amor que a alma fala mais que as palavras, que um olhar vale mais que mil pedidos de desculpas, e um abraço apertado recupera a alma já cansada. Mas acima de tudo, o que mais aprendemos com o amor é que nunca perdemos a esperança, mesmo nos momentos mais difíceis de uma relação. E que por mais chuvoso que esteja o dia, em nosso coração existe somente a luz do sol. Esperamos daquela pessoa amada sempre o melhor, acreditamos nela, mesmo e apesar de todos os seus atos ao contrário, e dela mesma já não acreditar. Teimosamente seguimos crendo na sua força, na sua luz , na sua bondade, na sua grandeza. Assim como Deus aposta e acredita em nós, mesmo, e apesar de, todas as decepções que lhe causamos. Mesmo quando não cremos nele, ele continua a acreditar firmemente em nós. Quando amamos alguém, verdadeiramente, imitamos Deus, despertamos Deus, e revelamos o Deus que existe em cada um de nós. Ao aprendermos a amar alguém, seja mãe, pai, filho, marido, esposa, ou até mesmo um animalzinho de estimação, estamos prontos para a próxima lição da vida. Amarmos o mundo todo e retornarmos ao todo.

amor de primos

Portanto, ame, ame muito, intoxique-se de amor, e então vá adiante. O amor sempre vale a pena, pois quem ama nunca tem uma alma pequena. O amor torna a quem ama grande, infinito, bonito.

Muito amor a todos.

Artigos Relacionados