A arte de sonhar

A arte de sonhar
Psic. Odegine Graça

Sonhar é a capacidade de existir em muitos mundos, universos paralelos.
O sonho não tem limites assim como a arte. No sonho tudo pode. Ser grande, ser pequeno, estar por dentro, estar por fora, ser visto, ser ignorado, ser absolutamente, é isto que o imaginário permite.
Em uma folha qualquer, um sol amarelo, com cinco ou seis retas fazemos castelos, como já dizia a bela musica…do Chico ? não sei, só lembro que é linda.
Assim como é maravilhosa a capacidade que temos de criar, de sonhar, de sublimar angústias, dores de parto da alma em um belo quadro, em um poema, em uma musica. Penso mesmo que a capacidade de criar, o dom de imaginar, e saibam isso é mesmo um dos maiores dons do universo, é o que faz do homem Ser Humano.
Viver, ou morrer, nascer e renascer, ir e voltar, a impossibilidade é somente mais uma chance de criar alguma coisa linda com um lápis de cor, uma caneta esferográfica, um pincel, tinta. Para um artista uma lata velha jogada na rua pode ser o inicio de uma declaração de amor a natureza, a vida, a humanidade.
Nos olhos da arte, tudo é movimento, o riso torna-se um lamento e os fios de Ariadne um tormento, pois nos labirintos perigosos dos mitos dos sonhos, de La muitos não querem voltar. É preciso porém ter as asas de Hermes nos pés e transitar livremente entre os dois mundos, rompendo as fronteiras no papel e sabendo que a vida ordinária é linda e cheia de surpresas fantásticas.
Imagine, crie, e viva intensamente aqui e agora o real em toda sua abrangente forma, colorido e surpreenda-se todo dia.

Artigos Relacionados